O OURO PANTANEIRO

0
1143

Talvez você tenha iniciado esta leitura, devido ao título bem sugestivo. Tudo bem. Esta que era a intenção.

Falaremos hoje de uma frutinha deliciosa,
de cor dourada como o ouro e nativa do Pantanal Sul Mato-grossense. Você já sabe qual é? Não?

Bocaiúva é o seu nome.
Em outros Estados do Brasil é conhecida
também por macaúba.  A bocaiúva é um coquinho de uma linda palmeira.
Sua casca fina é facilmente quebrada com os dedos e no seu interior existe
uma doce, saborosa e nutritiva parte fibrosa em que é possível por na boca
e mastigar por horas.

Fruta Bocaiúva

Horas… é um exagero. Minutos, talvez. Daí a expressão “chiclete de
pobre” entre os guris da região. Em sua próxima longa viagem de carro
leve algumas bocaiúvas. Será sucesso, na certa.

Mas, voltando às características da fruta. Ela é maior que uma uva e
menor que um pêssego. Dentro desta parte fibrosa existe o côco,
propriamente dito. Neste tempo de demanda por leites vegetais, a bocaiúva
é uma excelente opção.

Você que é de outra região do país talvez não acredite que é possível
encontrar muitos destes coquinhos espalhados aos montes pelo chão, tanto
nas cidades quanto nos campos do Mato Grosso do Sul. O motivo? Por
aqui ninguém o aprecia muito. Talvez seja pelo preconceito de ser de
pobre. O fato, por mais incrível que pareça, é que as pessoas de outras
localidades e até de outros países ficam fascinadas com o sabor, a textura, o
aroma, enfim. Mas os bugros e os bugrinhos não estão nem aí para esta
deliciosa fruta.

Da mesma forma que as castanhas do Pará, no Pará não são
valorizadas. Mas no resto do mundo são consideradas iguarias.
De volta as bocaiuvas: Apesar de serem nativas do Mato Grosso do
Sul estão em perigo de extinção. Ninguém mais quer plantá-las. Acham que
não têm nenhum valor comercial.

Mas algumas iniciativas têm mostrado o contrário. O Posto de
Gasolina Pioneiro, na BR262, Km535, no coração do Pantanal de Mato
Grosso do Sul tem em sua lanchonete, o tradicional sorvete de bocaiúva.
Quem já experimentou sabe muito bem que é uma delícia. Um sabor
inigualável. É vendido também a farinha de bocaiúva, para que você
mesmo prepare as suas deliciosas receitas.

A equipe do PantanalMS foi até o local e experimentou o delicioso
sorvete, em um dia quente de verão. Um dos funcionários disse que a
receita inovadora ganhou até concurso.

Você, que é da região ou está na região, aproveite para se hospedar
na aconchegante pousada, na beira da estrada. Aproveite também para
adquirir produtos artesanais e artefatos regionais.

Algumas iniciativas em Minas Gerais estão usando produtos
oriundos da Bocaiúva. Estão encantados com o retorno financeiro e com a
aceitação do público. Estas iniciativas podem muito bem alcançar o mundo.
Basta existir oferta, porque demanda já existe. Existe, sim.

Outra vantagem: A palmeira faz atrair muitas araras. A arara, pássaro
nobre da região, ama comer seus frutinhos. Se você tem uma fazenda ou
pousada no Mato Grosso do Sul, não deixe de plantar algumas palmeiras de
bocaiuvas em sua propriedade. Será sucesso com os turistas e sucesso com
a gastronomia moderna.